Sermão da montanha - Primeira Parte - Mt 5:1-16 Por Flávio Oliveira


Uma das maiores indagações do ser humano é como ser feliz, e olha que temos buscado isso, porem muitos tem buscado da forma errada, tem buscado em coisas, realizações, diversões, trabalho, de fato isso traz alegria, só que uma alegria passageira, somente CRISTO pode trazer a verdadeira felicidade. Por esta razão resolvi escrever este sermão pois aqui Cristo nos ensina como ser Sal e Luz para este mundo, ensina uma vida como princípios e valores que somente nele encontramos e somos felizes.
Vemos que neste texto Jesus sobe ao monte e começa apresentar o caminho de uma vida justa, ele começa a mostrar
o Evangelho do Reino, sua chegada e seus princípios a serem praticados pelos participantes deste Reino.
Precisamos entender o que este Evangelho do Reino significa:
Evangelho
(Boas Novas, Boa mensagem, boa noticia...de salvação) e Reino significa (Deus operando no coração dos seus filhos) ou seja Jesus veio trazer um caminho que somente nele podemos praticar e viver estas verdades. 
Em Mateus 5:13-16 - Jesus fala sobre o cristão ser sal e luz para esta sociedade, algo que só pode ser alcançado com uma justiça que exceda a justiça dos Fariseus e Escribas (Mt. 5:20) e quero começar exatamente por este texto e depois voltar nas bem aventuranças que precisamos praticar para que se cumpra esta verdade em nossas vidas. 
    • Sal é utilizado para dar sabor, mas serve para  para conservar também, o que Jesus esta aqui nos falando é que a sociedade (homem em geral) esta cada vez mais inclinada para os caminhos pecaminosos e que o nosso papel é retardar esta putrificação mundana.
    • Luz - Ela não serve apenas para revelar as trevas, mas também para mostrar o caminho, Cristo esta falando a nós como servos dele que devemos mostrar o caminho ou seja revelar Cristo de tal maneira em nós que se evidencie que somente em Jesus existe o caminho, não só para felicidade, mas para eternidade.
Mediante a tamanha responsabilidade logo nos vem uma pergunta como viver desta forma ou melhor como poderemos cumprir estas verdades? Isso porque achamos que estas coisas é possível apenas como nosso esforço, mas isso só é possível em Cristo e através de Cristo, ele é a nossa força. Quando olhamos para os versículos anteriores Mt. 5:3-12 percebemos exatamente os ensinamentos que podem tornar possível sermos sal e luz e como deve ser o coração de um verdadeiro seguidor de Cristo. É ai que notamos tantas vezes a palavra Bem Aventurado (Felizes).
  • Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus;
    • Feliz é aquele que é pobre de espirito, isso não se refere a condição financeira ou tão pouco de um situação natural, mas de algo espiritual pobre ou humilde no sentido de miserável que somos sem Deus, mostra que Feliz é aquele que sua vida espiritual depende de Deus, reconhecimento que é pecador e quão pecador somos, isso nos leva a ficar contristados, arrependidos, tristes por infligir as leis de Deus, tanto que vamos as lagrimas.
  • Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados;
    • Não esta se referindo aquelas pessoas choronas, se refere aqueles que choram, mas choram vendo sua condição de pecador, choram diante dos seus erros e reconhecendo esta condição serão consolados.
  • Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra; 
    • Mansos - São aqueles que não pagam mal com mal, que abre mão do próprio direito para o bem coletivo. Dr. martyn lloyd-jones disse que o manso defende a verdade e empenho, que se dispõe a morrer por ela. 
    • Mansidão se expressa da forma que nos dirigimos ao próximo.
  • Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos;
    • Feliz aquele que tem fome e sede de Justiça, que não esta satisfeito com sua condição espiritual e nem com a condição espiritual da sociedade em geral e que reconhece que a justiça humana não é o suficiente e que deseja ardentemente a justiça de Deus que excede os valores naturais.
  • Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia;
    • Senso de compaixão, aqui não se refere a fazer algo para alguém  ou aliviar sofrimento em alguns momentos da vida, é algo constante na vida do cristão.
  • Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus;
    • Entendemos o coração como alma (centro das emoções), feliz aquele que possui pureza, transparência, que seu viver é para Glória de Deus.
  • Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus;
    • Dotados de coração limpo, liberto do eu, e tem seu interesse no bem do próximo.
  • Desta forma entendemos os dois próximos versículos:
    • Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus;
      Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa.
  • Uma pessoa com estes valores certamente será perseguida ou seja sofrerá perseguição, claro que esta perseguição não será por um fanatismo religioso ou por algumas atitudes externas, mas por praticar a justiça, ser justo...ser semelhante a Jesus, em um viver que os valores estão fluindo de dentro para fora e não apenas externos.
    • Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram os profetas que foram antes de vós.
  • Estes valores não podem ser vividos separadamente, temos que ser dependentes de Deus reconhecendo a nossa pobreza espiritual, chorarmos diante dos nossos pecados em arrependimento, ser manso e termos sede da justiça de Deus, misericordiosos como o próximo  limpos de coração e pacificadores. Valores que dependemos do agir de Deus em nossas vidas para cumpri-los na sua totalidade.
Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres. 
Cura-me, Senhor, e sararei; salva-me, e serei salvo; porque tu és o meu louvor.

Conclusão: Assim não vamos apenas mostrar a escuridão e sim mostrar o caminho (sermos a luz), o mundo precisa ver a nossa luz para encontrar a Cristo, sendo assim devemos viver estas verdades, pois cada vez mais o mundo se inclina para perdição e devemos ser o sal que retarda esta condição. 

E Você tem sido sal e luz? Que possamos em Cristo cada vez mais viver suas palavras e os seus princípios e nele somente nele vamos encontrar a verdadeira felicidade.

Em amor!

Pr. Flávio

Gostou? Comente / Divulgue:
Anterior Proxima Página inicial